Como a pandemia afetará a regulação das apostas esportivas no Brasil?

0
1030

rynek apostas Como o Brasil se debata com a crise da saúde causada pelo coronavírus surto, o Presidente do Instituto Brasileiro Legais de Jogo (IJL, em português) e editor da BNL, Magnho José, Participaram via Instagram viver em um debata sobre o impacto que a pandemia está a ter sobre a loteria do mercado, a legalização dos cassinos ea regulamentação das apostas desportivas.

To lançamento das regras oficiais de apostas esportivas, um processo liderado pelo governo federal e inicialmente programado para ocorrer em 2020, terá que esperar até 2021, já que o Brasil não só está lutando contra a pandemia COVID-19, mas também lidando com as emendas ao projeto inicial de diretrizes para a concessão de licenças.

O mercado de apostas da will brasil recupera

De acordo com Magno José, é provável que após a terceira consulta pública ocorrer, as regras oficiais Irão prever 30 licenças de apostas

Como explicado pelo chefe da IJL, a aprovação do Marco Regulatório para o jogo no Brasil terá que incluir a legalização de cada vertical, incluindo Resorts de cassino, iGaming, bingo, a operação de máquinas de fenda e jogo do bicho —um jogo ilegal de loteria popularna w Brazylii. O governo Federal poderia obter cerca de BRL 7 B (1,3 mld USD) a partir de taxas de licenciamento.

O dinheiro obtido com o funcionamento destas actividades poderia ir para o financiamento da Segurança social, da Educação, da segurança pública itp.

As apostas desportivas também poderiam gerar mais de 20 B BRL (3,7 mld USD) por ano em receita fiscal. Actualmente, as lotarias pertencentes ao estado aumentam mais de 15 B BRL (2,8 B USD) por ano.

O impacto do apostas

Infelizmente, a suspensão dos eventos esportivos está tendo um impacto negativo nas equipes brasileiras. Mais latestemente, MarjoSports suspendeu o patrocínio das wyposaża Corinthians e Goiás. „Em minha opinião, é hora do governo legalizar o jogo para fortalecer a economicia, gerar emprego e lutar contra as más condições de trabalho, o mercado ilegal ea lavagem de dinheiro. Vale a pena notar que, antes da pandemia, o número de desempados no Brasil era de 12 milhões. Além disso, o jogo ilegal continua a ter lugar normalmente no país. Qualquer um que ande pela rua pode encontrar salões ilegais de bingo, automaty do gry e jogo do bicho. Os brasileiros gostam de apostas e os jogadores problemáticos não vão apostar mais com a abertura do mercado, vão apenas fazê-lo legalmente. Se o Brasil legalizar esta indústria,

Brasil ApostasA suspensão temporária de esportes em todo o mundo levou ao lançamento de apostas em outros eventos. „Os operadores de apostas começou a oferecer apostas em reality shows como o Big Brother Brasil, ou, por exemplo, na data em que Ronaldinho Gaúcho vai sair da prisão no Paraguai”, explicou.

Os operadores internacionais terão acesso ao mercado. O artigo 29 do “projecto de lei da convoão” dá ao Ministério das Finanças o poder de licenciar as operações de apostas desportivas fixas ao vivo e online num ambiente Competitivo. Para obter este assunto melhor você pode visitar o site de apostas brasilsportsmarket.com.br . A implicação é que nenhum monopólio estatal assirá o controle do mercado e as grandes marcas dos operadores apostas estrangeiros terão pleno acesso ao mercado.

Em 2016, o Presidente Temer parecia propor um monopólio estatal de apostas desportivas. Sua ideia era criar um monopólio estatal em parceria com um tookor Internacional de apostas esportivas. O governo privatizaria a empresa e arrecadaria os lucros.

Esta ideia foi arquivada.

Qual é a paisagem para os operadores?
Os detalhes da nova lei são vagos no que diz respeito aos operadores, mas as apostas desportivas terrestres devem devolver 80 por cento do punho para os apostadores. Os operadores on-line devem retornar 89 por cento.

Estes números garantem grandes probabilidades para os apostadores desportivos, mas vai colocar alguma pressão sobre as margens.

Além disso, o governo vai tomar 6 por cento do manejo de operadores ao vivo e 8 por cento de operadores on-line.

Não liberalização total dos jogos de azar

O główny objetivo da lei era rever a distribuição dos lucros da loteria. Esta área continua sujeita a vários desafios jurídicos.

Há uma tensão entre o governo federal e os estados indywiduais. Tanto a distribuição de lucros como o controlo legal estão sob desafio legal.

A lei atual propõe que 2,5 por cento das receitas de apostas desportivas ao vivo e 1 por cento das receitas online vão para o Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP).

O fato de as apostas esportivas estarem incluídas no projeto de lei de forma acessória significa que o Brasil não está introduzindo a liberalização total do jogo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here